PUBG Mobile

  • eSports
  • 26/4/2021

Alpha7 é a campeã da PMPL Brasil

Entre os dias 23 e 25 de abril, ocorreram as grandes finais da PUBG Mobile Pro League, torneio com uma premiação total de 750 mil reais. Ao todo, 16 equipes que se classificaram ao longo de três semanas disputaram, ao longo do fim de semana, pelos primeiros cinco lugares, que garantiriam vaga para a PMPL Americas, competição na qual participam também o top 5 da América do Norte e de Latam e a The Unnamed, segunda colocada na PMPL Americas Season 2 de 2020.

Durante o período de classificação, nos Super Weekends, a Alpha7 e a INTZ se mostraram as favoritas, passando para as finais com mais de 70 pontos de vantagem acima da próxima colocada, a Honored Souls. Contudo, durante as finais as tabelas são zeradas. Assim, todos os 16 times tiveram chances iguais de serem campeões da PMPL Brasil.

finais%201.PNG

SW3%20 %202.PNG

Finais

As finais começaram com a Influence Rage vencendo em Miramar. Em seguida tivemos uma vitória em Sanhok por parte da Alpha7, equipe que demonstrou um grande domínio do mapa ao longo da competição, tendo um total de nove vitorias nele. A terceira queda ficou para a INTZ, que levou o Chicken Dinner em um confronto final que envolvia a A7 e a Influence Rage.

Novamente em Miramar, a equipe da INF conquistou mais uma vez o mapa, mostrando ter despertado na competição. Contudo, o foco vai para a equipe da GZM, que ficou em 2° lugar. Essa equipe teve ainda outras posições boas nas quedas anteriores e também controlou a quinta queda, conseguindo a vitória e assumindo a 1ª posição na tabela geral, passando dessa forma todas as favoritas. 

A última queda do dia também teve uma vencedora inesperada: a SS esports. A equipe se classificou na última posição para as finais, venceu a A7 e a Red para conquistar o Chicken Dinner e se pôs na briga pela classificação para a PMPL Americas.

O primeiro dia terminou com a GZM no topo da tabela. A equipe finalizou o Super Weekend na 12ª posição, superando, com suas duas vitórias, até mesmo a Influence Rage e consolidou-se como a grande surpresa das finais.

Apesar dessa boa posição da INF, o segundo dia não começou bem para o time, que foi o primeiro eliminado na primeira queda. A vitória foi para a equipe da B4, que ainda não tinha conseguido nenhuma vitória nas finais. 

As segunda e terceira quedas também tiveram vencedores inéditos nas finais da PMPL Brasil: Irmãos Metralha e Ace1, respectivamente. A Ace1, inclusive, passou na 15ª posição nos Super Weekends. Além dessas vitórias, ambas equipes se enfrentaram no top 2 na quarta queda. Com um controle de high ground, a Irmãos Metralha conquistou sua segunda vitória nas finais da PMPL Brasil. 

A segunda partida do dia em Sanhok ficou nas mãos da Vivo Keyd, que venceu em um confronto contra a Irmãos Metralha e ainda tirou a chance da IM conseguir sua terceira vitória.

O segundo dia das finais terminou com outro Chicken Dinner da Alpha7, que entrou para a lista de times com duas vitórias. Só que mesmo com esse sucesso, ela não atingiu a primeira posição da tabela geral, ficando atrás da B4. Dessa forma, as duas equipes acabaram se consolidando como as principais candidatas na luta pelo título.

Não contente com a 2ª colocação, a Alpha7 começou o último dia das finais com uma vitória em Miramar. Contudo, mesmo assim não conquistou o primeiro lugar do ranking geral. A segunda partida do dia contou com um confronto logo no início entre o top 3: A7, B4 e Influence Rage. Esse confronto prejudicou a INF e a A7, que caíram cedo, enquanto a B4 ficou com apenas um jogador, mas sobreviveu para conquistar o 3° lugar da queda. A Black Dragons foi a equipe vencedora nessa queda, assumindo a 5ª posição no ranking geral, classificando-se, até o momento, para a PMPL Americas.

A terceira queda terminou com uma disputa valendo o 5° lugar da tabela geral. A equipe da GZM saiu vitoriosa ao enfrentar a Black Dragons e a SS esports. Entretanto, a BD ainda ficou na frente na tabela pela quantidade de abates. Independentemente disso, a GZM retomou a 5ª posição na tabela geral, enquanto a Black Dragons avançou para a 3ª posição, conseguindo assim mais segurança.

Mostrando a experiência de jogo em Miramar, a Honored Souls venceu a quarta queda, após dois dias sem muitos pontos, subindo dos últimos oito colocados para a 7ª colocação. A quinta partida foi similar à segunda em relação à B4, que teve muitas baixas cedo e sobreviveu até perto do fim. Contudo, a vitória foi da Alpha7, que foi para a última partida com apenas 3 pontos para alcançar a B4, até então no 1° lugar, deixando a decisão de quem seria campeã da PMPL Brasil para a última queda. O top 5 também estava disputado, com a Black Dragons em 5° lugar e apenas 4 pontos de vantagem para a GZM, fazendo dessa uma disputa pessoal entre as duas equipes. 

A última Erangel do campeonato não começou bem para a B4, que perdeu um dos membros da equipe para a Souls bem cedo. A GZM também enfrentou baixas e caiu antes da Black Dragons, perdendo a chance de ir para a PMPL Americas. A B4 caiu logo em seguida. Alpha7 sobreviveu por mais um tempo, mas eventualmente caiu. O Chicken Dinner ficou nas mãos da INTZ, que não estava na competição pelo top 5 até agora, mas desbancou a GZM e a Black Dragons.

SW3%20 %201.PNG

Finais%202.PNG

Com a maior quantidade de vitórias e abates, a Alpha7 foi a campeã da PMPL Brasil, levando para casa a premiação de 10 mil dólares e garantindo uma vaga na PMPL Americas. Os outros times que jogarão a edição das Américas da PUBG Mobile Pro League são: B4, Irmãos Metralha, Influence Rage e INTZ. 

MVP 

Com o final da competição, também foi decidido o Most Valuable Player da PMPL Brasil, analisando dano causado, tempo de sobrevivência e eliminações ao longo de todo o campeonato. A disputa foi acirrada, mas o título ficou nas mãos do LiLBOY da Honored Souls, com um MVP Rating de 6,17, que recebeu também o prêmio de 5 mil dólares pelo feito.